Doença de Alzheimer – 5 fatos sobre que você precisa saber

Doença de Alzheimer – 5 fatos sobre que você precisa saber

Conhecer melhora a Doença de Alzheimer e seus desafios, ajuda no processe de aceitação e de cuidado, consequentemente, em mais qualidade de vida.

Reunimos alguns fatos importantes sobre a Doença de Alzheimer que são importantes para quem vive esse processo da enfermidade, sejam doentes ou cuidadores.

Fato número 1
Essa é uma doença que está cada vez mais presente na população.

Estudos mostram que em 2030 haverá 75 milhões de portadores da Doença de Alzheimer no mundo!

Fato número 2
A sua origem ainda não é tão conhecida!

Ainda não se sabe com exatidão a causa da doença. Sabem as proteínas que estão relacionadas à doença e o que elas fazem. Mas não se sabe os fatores exatos que desencadeiam esse processo!

Fato número 3
Ainda não há medicamentos eficazes para cura no mercado, apenas para tratamento.

Segundo um levantamento da Clínica Cleveland, nos Estados Unidos, 99% das drogas testadas entre 2002 e 2012 contra esse tipo de demência não trouxeram qualquer resultado positivo.

Isso acontece pelo falo anterior, por não se conhecer a causa da doença.

Fato número 4
Não é só a memória que é atingida. A orientação temporal e espacial, a linguagem e o emocional também são atingidos pela doença.

Fato número 5
Existe Prevenção, mas não há cura. Estudos já mostraram que ter uma vida saudável ajuda na prevenção da doença!

Doença de Alzheimer não tem cura, mas tem tratamento!

Existem formas de desacelerar o desenvolvimento da doença com atividades, orientações e medicações.

Não conseguimos mudar a doença em si, mas conseguimos mudar a forma de lidar com ela, assim tornaremos o processo bem menos sofrido para o portador e para o cuidador!

Cuide do corpo e faça exercícios físicos regulares: corra, ande, faça natação, se desafie em novas práticas esportivas.

Fique atento a sua alimentação. Como alimentos saudáveis. Plante sua própria horta, aprenda a cuidar. Cuide da mente. Há diversas atividades que estimulam o cérebro. Aprenda uma língua nova, faça arte, mas uma vez: se desafie!

Inúmeros desafios serão encontrados ao longo dessa jornada, mas é possível deixá-la mais tranquila.